Confissão #99

É hoje!

Livaria Quixote
Fernandes Tourinho, 274 - Savassi -BH - Das 19:30 às 22:30.

Estou ansiosa e feliz, afinal foram muitos anos sonhando com esse livro. Na semana que vem faço um post decente, mas hoje nãopoderia deixar de vir aqui agradecer aos amigos que divulgaram, que enviaram e-mails de boa-sorte, que deixaram recados nas caixas de comentários.

E se se confirmar o que o Sérgio Rodrigues disse no excelente Todoprosa (dica imperdível para quem gosta de literatura), terei mais um motivo para comemorar: ele diz que Um defeito de cor pode ser o maior romance publicado em língua portuguesa em um único volume: 952 páginas. Será? Alguém sabe me dizer?

P.S. - para quem quiser conferir, já o achei para vender aqui , aqui, aqui, e aqui

45 Comments:

Anonymous Ana Lucia Araujo said...

Ana, parabéns pela publicação do livro, que esse seja apenas o comecinho de um longo caminho de sucesso ! Fico ao teu dispor para ajudar a divulgar !

Um abraço.

5/12/2006 04:43:00 PM  
Blogger Matilda Penna said...

Infelizmente não pude ir, fiquei arrasada com isso, mesmo, depois explico, :(...
E quanto a Um Defeito De Cor poder ser o maior romance publicado em língua portuguesa em um único volume: 952 páginas, bom, em um único volume não lembro de outro não, "Si non è vero, è bene trovato ", mais uma maravilha alcançada por você.
Beijos, bons fluidos, tudo de bom e faça um lançamento aqui, fiquei tão tristinha...

5/12/2006 06:26:00 PM  
Blogger Jacque said...

Cheguei aqui pelo blog do Cláudio (Pras Cabeças). Ele postou sobre seu livro no blog dele. E como adoro ler, fui logo no blog do Idelber ler o que ele escreveu. VOU COMPRAR!
Parabéns e sucesso!

5/13/2006 01:19:00 AM  
Anonymous Lenir said...

UAUUUUUUU!!!!!!!
Quero ler!!!!!!!!
:)
Parabéns pelo livro, desde já!
Beijossss
:)

5/13/2006 10:44:00 AM  
Anonymous Alê said...

Torço por você, menina. Espero que o lançamento tenha sido o sucesso que você merece. Se quiser ajuda pra organizar um lançamento aqui em São Paulo, conte comigo.

5/13/2006 11:07:00 AM  
Anonymous Nalu said...

Eu comprei ele ontem e já comecei a ler. Estou adorando. Parabéns, que muitas e muitas pessoas também leiam e gostem dele. Abraços.

5/13/2006 09:31:00 PM  
Anonymous Flavio Prada said...

Ana, parabéns pelo lançamento. Pelo que ando lendo por aí, me sinto honrado de poder me comunicar assim diretamnte com uma futura imortal. Visto o neipe dos criticos que exaltam teu livro, eu tenho mais é que acreditar que ele é mesmo grande, mas não somente no numero de páginas. Aproveite o bom momento.

5/15/2006 11:18:00 AM  
Anonymous Gonzaga Britto said...

Olá. A gente sabe que blogueiro/a detesta que os cara-de-pau como nós façam propaganda de outros blogs mas como a gente vai fazer novos amigos e trocar figurinhas se não tomar essa iniciativa? Acalme-se, tome um Lexotan, conheça o PATO QUAQUÁ e depois pode ficar tiririca lá mesmo, não tem problema. Venha conheçar as entrevistas-Hiroxima da Izildinha, o non-sense do Augusto, as hilárias intervenções das nossas Madres-Guardiãs. Achamos que você vai gostar. Se não gostar, fica tudo por isso mesmo. Agradecemos a atenção e enviamos-lhe quaquás e bençãos.

PS - São Paulo é o nosso assunto do momento. Achamos ue vale a pena você saber o acabamos de descobrir e que está prestes a se transformar em notícia nacional.

o Pato e as Madres-Guardiãs.

5/16/2006 12:04:00 PM  
Anonymous Leandro Fortes said...

Ei, moça, tenho seu livro nas mãos. Tem cara de livro bom, cheiro de livro bom, tem sangue (bom) nas dobras das páginas. Deixei-o no canto da minha estante, à espera, até que ele me domine com suas quase mil páginas. Parabéns.

5/16/2006 01:18:00 PM  
Anonymous Luís Fernando said...

Buenas.
Primeira visita por aqui.
Bloguei sobre seu livro. =)
Muita sorte para ti.
29 beijos.

5/16/2006 09:03:00 PM  
Blogger Mineiras, Uai! said...

Oi Ana Maria, tudo bem? Sou filha do Cláudio Costa, e já conheci o Idelber pessoalmente... Na ocasião, ele contou muito empolgado sobre o seu livro, que já iria ser publicado em breve, contou mais ou menos sobre o q era, e ficamos (eu e mei pai) muitíssimo interessados. No dia do lançamento estava programada p/ ir junto de meus pais, mas infelizmente o cansaço me consumiu.
Resumindo um pouco a história: Papai trouxe o livro pra casa no dia do lançamento lá na Quixote, autografado por vc e tudo. Fiquei encantada com a encadernação, o nº de páginas, a bonita capa, a orelha excelente do Millôr, etc. Comecei a ler no domingo de noite.
Estou simplesmente adorando! Menina, vc vai longe! Parabéns!
Beijo e sucesso!
Ana Letícia

5/17/2006 10:47:00 PM  
Anonymous Sonia said...

Vim conferir se havia notícias sobre a noite de autógrafos, mas você ficou devendo.

5/17/2006 11:41:00 PM  
Blogger Claudio Costa said...

Ana, simplesmente estou "tomado" pelo livro! Vários sentimentos me atacam: perplexidade, espanto, dor, indignação, curiosidade, empolgação... Bom demais. Você já é uma "grande e imortal" escritora. Abraços.

5/20/2006 04:21:00 PM  
Anonymous Isabela said...

Acabei de ler na Veja o elogio que Millôr faz a você e seu livro. Até deixei um comment no biscoito do Idelber porque foi por lá que fiquei sabendo do lançamento.
Parabéns!

5/21/2006 06:38:00 PM  
Anonymous Samira said...

Como leitora ávida que sou,
Entrei por acaso na livraria,
por acaso te descobri,
Adorei a narrativa,
Estou fanzoca desta conterrânea,
Que como disse Millor
"continua mineira"
Parabéns pela obra,
Faço questao de divulgá-la junto à Comunidade Quilombola da cidade em que trabalho no Maranhão.

5/21/2006 09:31:00 PM  
Blogger Claudio Costa said...

Ia falar o que já foi dito acima: saiu na VEJA!!!!

5/22/2006 02:24:00 PM  
Blogger Milton said...

E o Millôr, saramaga? Que coisa!

5/22/2006 08:45:00 PM  
Anonymous romulogarcias@yahoo.com.br said...

Ana minha querida,
Tive a grata felicidade de comprar a VEJa esta e semana e.....e me deparei com a matéria (ou seria confissão) do Millor Fernandes. Que maravilha... Fiquei emocionado... Melhor de tudo é que já tenho o meu exemplar, e autografado, e comecei a "navegar" naquelas páginas. Agora me diga uma coisa: depois do "Te cuida Samarago" em plena revista nacional o que é que você vai fazer...

P.S.: Deus realmente não dá asa a cobra. Eu por exemplo não faria mais nada (ra ra ra ra ra*)
*ra ra ra estilo Zé Simão...

Beijos mil

5/23/2006 03:26:00 PM  
Blogger Denise Arcoverde said...

"Um Defeito de Cor, de Ana Maria Gonçalves, é um belo romance histórico, de leitura voraz, que prende a atenção do leitor da primeira à última página. Uma saga brasileira que poderia ser comparada ao clássico norte-americano sobre a escravidão, Raízes." (Submarino)

UAU!!!! estou curiosíssima! vou encomendar o meu, em breve! por enquanto, vou divulgar lá no Síndrome de Estocolmo, ainda essa semana!

MUITO boa sorte! adoro ver uma mulher fazendo sucesso não pelo tamanho da bunda, mas por um trabalha fantástico como esse! excelente modelo pras nossas meninas :-)

Beijos!

5/23/2006 09:31:00 PM  
Blogger Ana Maria Gonçalves said...

Amigos,
Andei sumida, né? Voltei para casa apenas hoje, e amanhã ou depois coloco a conversa em dia, por aqui e nos e-mails atrasados. Mas precisava vir deixar pelo menos um beijo. Volto já!

5/23/2006 10:31:00 PM  
Blogger Ana Maria Gonçalves said...

Acho que seria repetitiva respondendo um por um, então, um muito obrigada geral. É muito importante e muito gostoso esse retorno, através do carinho, da torcida e do incentivo de todo vocês. Obrigada pela divulgação, pelos posts que eu tenho lido, pelos e-mails que tenho recebido, dizendo que viram o livro em tal ou tal lugar. E o pior de tudo é que eu ainda não vi meu livro em livraria nenhuma!
Beijos,

5/25/2006 08:04:00 PM  
Anonymous Viva said...

Ana, não sei se você já se "acalmou', rs mas aí vai uma informação que pode ajudar: aqui no Rio tenho visto seu livro em todas as livrarias (Travessa, Letras&Expressões, Armazén Digital). Quando é que você vem lançá-lo por aqui?

5/27/2006 12:48:00 AM  
Blogger Milton said...

Cágado, de Gladstone Mársico, é também imenso, mas não creio que chegue a 952 páginas.

5/30/2006 11:48:00 AM  
Blogger Milton said...

Tudo errado. O grande romance de Gladstone Mársico - que é ótimo - chama-se "Cogumelos de Outono" e tem 733 páginas. Cágada é outro livro seu, bem pequeno.

5/30/2006 12:01:00 PM  
Blogger Tristão said...

Oi, Ana,

Não pude comparecer ao lançamento, (o que foi uma pena, porque, além do prazer de te conhecer, perdi o reencontro com meu amigo Antônio Sérgio). Já procurei o livro na Ouvidor da Savassi, não o encontrei, mas amanhã, de novo em BH, não volto sem ele. Agradeço a você e à Quixote o convite para a festa. Beijo.

5/31/2006 05:33:00 PM  
Blogger k. said...

Fiuei super interessada pelo livro, um título curioso. Ainda não li os seus textos, mas gostei muito das fotos. Parabéns e felicitações pelo seu trabalho!
K.

6/07/2006 08:32:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Adorei seu livro.
Moro nos US. Li o Millor e pedi para minha filha me mandar seu livro. Fantástico ! Adorei.
Parabéns! Recomendo traduzí-lo para inglês.
Que pessoa incrível você é para escrever desse jeito.
Sua fã,
Mariamelia

6/10/2006 03:45:00 PM  
Blogger Emanuelle said...

Oi,
te vi lá no Joel e vim te convidar pra conhecer meu blog. Será um prazer ter uma pessoa tão inteligente por lá. Dê sua opinião sincera,tá?

6/12/2006 02:30:00 PM  
Anonymous Ju said...

Ana, neste final de semana devorei o seu "Ao lado e à margem do que sentes por mim", delicioso, e hoje de manhã já emendei o primeiro capítulo de "Um defeito de cor". Tô agora com aquela sensação quase física de ter acabado de desembarcar na Bahia, exausta, magra, sem rumo, e ao mesmo tempo encantada com a fartura e a beleza da ilha. Enfim, já sou a Kahinde, por essas magias que os grandes livros têm. E tô achando que 952 páginas não serão bastantes para amenizar o sofrimento de eu ter que me despedir dela no final. Obrigada por esse presente, e parabéns pelo maravilhoso trabalho!

6/12/2006 03:31:00 PM  
Blogger Lucia Malla said...

Ana, atrasada estou, mas ainda pronta a te elogiar pelo trabalho. Um dia ainda quero leh-lo, e discutir sobre racas. :-)

Parabens pelo objetivo alcancado!

6/14/2006 01:23:00 AM  
Anonymous Perdita said...

Olá Ana, acabei de conhecer teu blog e amei os teus escritos. Parabéns pela publicação do livro.

6/23/2006 10:23:00 AM  
Anonymous Ana Helena said...

Cara Ana, acabei de ler Um defeito de Cor e confesso que estou emocionada. Se esse é um espaço para confissões desejo fazer algumas
confesso que me encontro feliz e triste ao mesmo tempo. emocionada com a belíssima história de kehinde e da forma em que você a ajudou a trazê-la para nós. E triste por fechar a última página e pensar que não posso mais estar com ela ao meu lado como estive essas duas semanas.
confesso também que seu romance já nasceu um clássico. queria te parabenizar por esse feito e agradecer muito o que você fez por nós, nos presenteando com essas 952 página de pura emoção e relato histórico. Oxalá te preserve e Exu te dê mais e mais força para que você continue escrevendo e deixando em palavras escritas o seu potencial de comunicação.

6/23/2006 03:49:00 PM  
Blogger Jam said...

Aninha querida, quanto orgulho.

Te perdi numa dessas trocas de HD, agendas virtuais destruídas e aí aquele eterno "preciso achar de novo as pessoas, preciso achar de novo as pessoas"... E nunca. Então a gente abre o email diário do Publish News e dá de cara com um romance imenso e lindo, e com teu nome, bem na primeira linha. Quanto orgulho.

Parabéns, moça. E um orgulho pessoal: fico feliz por ter visto tua escrita bem no início... Sabia que ia dar no que deu. Não seria preciso vidência alguma pra isso...

Um beijo muito grande, no coração.

6/26/2006 03:05:00 PM  
Anonymous PAtricia Kogut said...

Ana Maria,
Estou devorando Um Defeito de Cor. Está difícil até sair para trabalhar, tamanha a vontade que eu tenho de ficar lendo em casa. Fico feliz também por ter lido O Levante dos Malês de João José dos Reis antes do seu romance, porque pra mim foram leituras complementares.
Parabéns. Há muito tempo não tenho tanto prazer com um livro.
Patricia Kogut

6/29/2006 03:13:00 PM  
Blogger adelaide amorim said...

Ana, ainda não li seu livro, mas pela temperatura ambiente vou falar dele amanhã na minha seção do Condomínio Brasil,a Feira do Autor. Assim que sair do João Ubaldo, emendo com Um defeito. Assim continuo viajando por nosso passado e suas histórias. Muito sucesso, um abração.

7/04/2006 07:08:00 PM  
Blogger Analu Menezes said...

Oi lindona, enfim te achei! Mas que adicionada, agora posso acompanhar mais de perto seu ritmo literário.
beijocas de fã e mais sucesso pra você!

7/08/2006 02:57:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Há toda uma sutileza no título, um encantamento no enredo, um deslumbrar-se em cada capítulo.
Um defeito de cor é MAGNIFICO.
Parabéns!!!!

Diana Imoto - Guaratinguetá-SP
dianaguara@yahoo.com.br

OBS.: Ana como faço para adquirir Ao lado e à magem do que sentes por mim?

5/14/2008 02:09:00 PM  
Blogger sheila said...

Acabei de ler o seu livro: Um defeito de cor, fiquei maravilhada com a história e curiosa para saber se já foi comprovado se é verdadeira ou não.

8/28/2008 08:32:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Olá, Ana Maria,
meu nome é Antonia Lana e estou terminando a leitura de Um defeito de Cor e estou maravilhada com esta epopéia sobre relações raciais, escravidão; e muito triste, por ter que abandonar a Luisa que me acompanhou estas duas últimas semanas.Faço Doutorado e minha pesquisa é sobre trajetórias de luta de mulheres negras. Não poderia ter tido exemplo e narrativa melhor do que a saga de Kehinde, uma guerreira africana e dona de seu próprio destino.
Um grande abraço,
Antonia Lana.

7/13/2009 09:29:00 AM  
Blogger mayra said...

Querida Ana,

Adorei Um defeito de cor!! eu que moro tão longe dessa nossa terra querida... moro em Genebra à 15 anos, e foi uma amiga muito querida que me indicou este lindo livro que tanto me ensinou, que me fez sentir também nossas raizes africanas, que me fez chorar e rir, desejar, concordar e me revoltar. No final, so sobra a vontade de saber mais... não acho que ele tenha sido longo demais, ao contrario, gostaria que durasse mais um pouco. Aqui no lado Françes de mundo, tento explicar para as pessoas o que é um defeito de cor, o quanto mexeu comigo, o quanto fez com que me sentisse ainda mais brasileira,o que era ser escravo no Brasil à tão pouco tempo atraz para as normas européias. Amei! Enfim, uma traduÇão em françes seria uma otima noticia!! alguém ja te propôs?? Quando penso que li Bahia de todos os Santos pela primeira vez em françes... é claro não se compara com o livro em português, mas os que não falam portugês, talvez nem notem! bem, um beijo grande e mais uma vez obrigada por esse lindo livro. Mayra

8/03/2009 07:25:00 PM  
Blogger Rodrigo said...

Olá Ana,

Estive vendo algumas coisas no seu blog. Trabalho com posicionamento web e tenho uma proposta de publicidade: você não gostaria de receber 50 euros por mês por inserir os pequenos links dos nossos anunciantess? São 50 euros mensais por cada blog que for cadastrado, tendo também a possibilidade de acrecentar este dinheiro adicionando blogs ao nosso sistema de anunciantes. Estes links não atrasam o acesso ao seu site -links de pequenas empresas, nada estranho. Tire a suas dúvidas por email, o meu msn é rodrigodinheirodasilva@gmail.com

Mais informação:
http://adworld.eu/
http://blogsdegrana.blogspot.com/

Estou aguardando uma resposta,


Rodrigo

10/06/2009 10:57:00 PM  
Blogger Ed said...

Teu livro chegou. Porto Alegre fica longe, demora, acho que trouxeram numa carroça, tal a lentidão da empresa de correios. Assustei-me com o peso da encomenda, com os títulos dos (sub)capítulos e com a tua coragem. Vou respirar fundo e começar a leitura. Se a tua coragem valerem 900 páginas, farei justiça a cada frase. Parabéns!

2/04/2010 12:43:00 PM  
Blogger 日月神教-向左使 said...

成人論壇,080聊天室,080苗栗人,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,情色論壇,性感影片,正妹,走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人電影,成人遊戲,成人文學,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,性愛自拍,美女寫真,亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,三級片,自拍,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,美女,成人圖片區,avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,正妹牆

5/04/2010 06:28:00 PM  
Blogger Alex Amaral said...

Pronto, terminei. É realmente uma obra impressionante. Kahinde é (não posso dizer que foi, pois ficou eternizada a cada página) uma mulher incrível. Incrível também a forma como você escreveu essa história, esse romance. É como um soneto, na forma como flui a cada palavra, com cadência que não dá espaço a cansaço ou tédio. Obrigado!

10/05/2010 09:54:00 PM  
Blogger Luisa Miranda said...

Olá, simplesmente o melhor livro que já li em toda a minha vida, me emocionei em cada capítulo. Ana Maria, sou livreira aqui no RJ e perdi as contas de quantas vendas fiz do seu livro, pois ele é sensacional.

Encontrei com um cliente, e ele me disse que consegui ler a versão completa e não a editada pela editora. Eu diria o nome dele aqui, mas ele é conhecido não sei se ficaria bem. Gostaria de fazer contato com você por email, e se possível obter essa versão completa.

PARABÉNS PELA SUA OBRA!!!
luisacsmiranda@gmail.com

6/04/2015 07:02:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home