Confissão #94

O artigo abaixo, no Rascunho, está muito, muito bom. Não deixem de clicar e ler:

A LITERATURA NA POLTRONA
José Castello defende a volta à experiência íntima e direta da literatura, sem o apoio de intermediários, sem manuais de leitura, sem muletas, ou precauções

11 Comments:

Anonymous Dra.Daniela Mann said...

O seu blog é realmente muito bom!
Gostaria de o ter nos meus links! Será que podia ir até ao Amar-ela para se linkar? Tinha mesmo muito gosto! Lá no meu blog são as visitas que se linkam!
Um bom fim-de-semana!
Dani

4/22/2006 08:23:00 PM  
Blogger Tristão said...

Acho uma grande idéia. Por mais que valorize a análise, a interpretação e a crítica, não posso me recusar à verdade de que a literatura é escrita para o leitor, não para servir de pasto para analistas, intérpretes e críticos. É sempre bom reduzir as coisas à sua essencialidade. Gosto muito, por exemplo, da idéia de que escola é aluno e professor. O ideal seria que, nela, não existisse mais nenhum ator, que, normalmente, só serve para deformar a relação básica e insubstituível entre mestre e discípulo.
Abraço.

4/23/2006 09:43:00 PM  
Anonymous Sonia said...

Entre tantos leitores especialistas e eruditos, que "sabem o que lêem", fico muitas vezes intimidada em dizer simplesmente do meu prazer e emoção ao ler um livro que me agradou. O artigo me fez um bem enorme, você nem sabe quanto.

4/24/2006 12:36:00 AM  
Blogger Milton said...

Tenho a sorte de ser assinante da Rascunho. Já tinha lido este belo, belíssimo artigo.

Beijo.

4/24/2006 04:58:00 PM  
Blogger Matilda Penna said...

"Todos estão, e nenhum está, já que a literatura é, antes de tudo, o universo do particular. E é também o lugar das experiências incompletas, das situações deficitárias, dos grandes transtornos, das palavras que não dão conta do real mas que, ainda assim, ou por isso, se tornam preciosas. É uma tolice julgar que o ideal para um escritor seria trabalhar das oito ao meio-dia, ou ler as obras completas dos grandes autores, ou se preparar numa especialização antes de enfrentar a página em branco. Há algo de íntimo e intransferível que, por fim, é o que sustenta a literatura. Algo que escapa aos dois lados do jogo literário, escapa ao leitor e escapa ao escritor. 'Se a obra de arte proviesse da intenção de fazê-la, podia ser produto da vontade', escreveu Fernando Pessoa. 'Como não provém, só pode ser, essencialmente, produto do instinto.'"
E como é instinto, tanto o escrever como o ler, puro e selvagem instinto, que pega e arrasta e vai e vem quando quer, não quando queremos.
Beijos, :).

4/24/2006 07:30:00 PM  
Blogger Ana Maria Gonçalves said...

Daniela, ao seu blog eu vou sim, conhecer, mas acho que não tenho coragem de auto-linkar não ;-)De qualquer modo, obrigada pelo convite.

Tristão, pois é, eu também acredito mais na relação direta, pois uma leitura, e até mesmo releitura, nunca é igual à outra. E esta relação, na literatura, com certeza é entre leitor e livro. A análise, a interpretação e a crítica serão sempre muito bem-vindas, com certeza, mas para quem procura a análise, a relação e a crítica, que têm propósitos diferentes da "simples" leitura. A análise lança sobre o texto luzes, sombras, certezas e dúvidas que passariam ao largo de muitas leituras, mas quando não é bem feita, quando quer doutrinar e não simplesmente "guiar" o leitor, é perigosa, porque pode tirar o prazer da descoberta e levar a ver além do que o texto em si quer dizer. O leitor lê o que quer ler, e isso é fascinante. Pegue Grande Sertão, por exemplo, que pode ser lido como um "manual de botânica" do sertão, um tratado místico, ou um belíssimo "estudo" das relações humanas, entre tantas outras leituras. Não é perigoso alguém que nos mostre apenas uma ou alguma delas?

Sônia, é tão bonito o deslumbramento com o texto... ;-)Fico feliz que este tenha te feito bem. A mim também fez. Gosto dos textos do Castello, e se você ainda não leu, vale muito a pena o livro Inventário das Sombras, de entrevistas com escritores.

Milton, preciso dar um jeito de renovar minha assinatura também. Depois de algumas mudanças, sei lá em qwue endereço ela ficou ;-)

Matilda, o que dizer? ;-)Acho que isso de íntimo e intransferível, é nada mais que a experiência, não é não? Experiência vivida, escrita e transcrita, e por isso cada um tem a sua mesmo, como você diz. Só tenho uma observação: será que as palavras não dão mesmo conta do real ou, na ficção, são o único lugar onde constroem o verdadeiramente real? Se não me engano, Freud comentou algo como ser na ficação que a palavra mais se aproxima da verdade. Será que isso não tem um grande fundo de verdade?

Beijos para todos e todas,
Ana

4/24/2006 09:16:00 PM  
Blogger Matilda Penna said...

Ai, Ana Maria, realmente não sei. Se na ficção a palavra mais se aproxima da verdade a ficção vira realidade, ou seria uma realidade paralela, como naquela teoria de fíca quantica?
Escritores atravessariam algum portal e descreveriam algo visto em outra dimensão?
O melhor mesmo é o escritor escrever sem pensar nessas traquitanas todas e o leitor lê pelo prazer de ler e de despertar emoções.
Beijos, :).

4/25/2006 07:14:00 PM  
Blogger Ana Maria Gonçalves said...

Matilda, acho que é uma verdade inventada, simplesmente, e não mascarada, como pode ser a verdade real ;-) Mas vamos escrever e ler que ganhamos mais, não é mesmo?
Beijos,
Ana

4/26/2006 03:17:00 AM  
Anonymous Anônimo said...

best regards, nice info Unh hockey players suspended Presto heaters reli-on humidifier Buy blackberry cell phone cell phone cheap bodybuilding pill babe sex pic free black jack bextra litigation recall Bextra recall law suit benchmark cpu utility Diet of high blood pressure Hair growth stimulate vitamin freightliner body builder books Feud between paris hilton and nicole richey naked girls lamborghini Amature body building

2/16/2007 08:52:00 AM  
Anonymous Anônimo said...

Best regards from NY! Free antispam filter for incredimail Celebrex litigation headphone amplifier portable Discount eyeglasses online brinks wireless home security system Wi fi wireless internet access bankruptcy taxes penalties 401k loan post petition debt Gct search engine positioning clients Black jack roof Cat diabetic diet weight loss pill Sadactive dress Ambien moa Phentermine meridia

3/01/2007 02:19:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Where did you find it? Interesting read film editing classes

3/14/2007 05:29:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home